02
abr

Os disjuntores são componentes elétricos muito usados. Os disjuntores são conhecidos como “chaves” de ligar e desligar o padrão de energia. De fato o disjuntor liga e desliga circuitos elétricos, mas sua principal função é relacionada à segurança dos circuitos e da instalação elétrica. O disjuntor é um sistema de segurança dentro do circuito elétrico, contra sobrecargas e curtos-circuitos. Nestes casos, o disjuntor tem a função de interromper a passagem de corrente no circuito, pois o nível de corrente elétrica é maior do que o especificado no disjuntor. Além de proporcionar segurança, o disjuntor funciona como dispositivo de manobra. Em residências os disjuntores são usados para proteger os aparelhos eletroeletrônicos. Sabendo da importância dos disjuntores nas instalações elétricas, é importante conhecer os tipos de disjuntores mais usados e qual se encaixa na necessidade da sua instalação elétrica.

Disjuntor DIN e NEMA

Estes dois tipos são mais conhecidos e mais usados em baixa tensão. Porém, eles possuem diferença entre si.

TIpos de disjuntores.

Disjuntores tipo NEMA e DIN.

Disjuntores NEMA:

Os norte-americanos NEMAs, ou preto, são fabricados segundo a norma RTQ contida na portaria do INMETRO 243. Algumas informações sobre os disjuntores NEMA:

  • Material de fabricação da caixa:

Uma resina sintética resistente ao calor e quimicamente estável, a Baquelite.

  • Capacidade de interrupção de curto circuito:

Capacidade inferior, por exemplo, um disjuntor comum de 25 A tipo NEMA possui uma capacidade de interrupção aproximadamente de 3kA, 66% da capacidade de um disjuntor do tipo DIN.

  • Característica construtiva do disparo magnético:

O disparo magnético e a limiar de atuação são pouco sensíveis. A destrava do mecanismo depende da grandeza da corrente de curto-circuito e a proteção é por apenas um elemento bimetal e seu disparador não é bobinado.

  • Elemento de fixação:

Possui bornes com parafusos tipo olhal e isso pode causar soltura do cabo ao longo do tempo.

  • Elemento de extinção:

Os modelos tipo NEMA possui apenas uma chapa dobrada.

  • Características dos contatos:

Possui apenas material sintetizado.

Disjuntores DIN:

  • Material de fabricação de caixa:

Poliéster ou ureia formaldeído.

  • Capacidade de interrupção de curto circuito:

Considerando um disjuntor de 25 A, esse modelo tem a capacidade de interrupção na ordem de 4,5 KVA.

  • Característica construtiva do disparador magnético:

Possui disparo independente. O seu limiar ocorre com um múltiplo de corrente nominal, sendo assim, independentemente do valor da corrente ele vai possuir sempre dois tipos de atuação, um contra curto circuito (bobina) e outro contra sobrecarga (Bimetal), atuando independente um do outro.

  • Elemento de fixação:

Esse modelo de disjuntor evita a desconexão do cabo através do terminal tipo braçadeira com ranhuras.

  • Elemento de extinção:

Esse modelo possui uma câmera de extinção equipada com alertas múltiplas.

  • Características de contato:

Contatos revestidos de prata, tendo maior resistência térmica e elétrica.

Podemos concluir que os disjuntores DIN (IEC) possuem uma resposta mais rápida e eficiente em comparação aos disjuntores de padrão norte-americano tipo NEMA.

Add comment